Alimentação para imunidade

mais recentes

Nunca tanto se falou na importância de manter o sistema imunitário a funcionar bem. No que respeita à alimentação, devemos investir numa dieta rica em alimentos anti-inflamatórios, que nos ajudam a reforçar as nossas defesas. Deixamos aqui algumas dicas da nossa nutricionista funcional para sobreviver a esta fase:

  1. Limitar a disponibilidade de alimentos que não queremos ou devemos ingerir. Se não tivermos junk food em casa, não vamos querer consumi-la.
  2. Garantir um consumo adequado de frutas e vegetais diariamente: sopa de legumes ao almoço e jantar e/ou legumes como um dos acompanhamentos em ambas as refeições, consumo de pelo menos 3 porções de fruta/dia. As frutas e vegetais são ricas em vitaminas e minerais, antioxidantes, fibras e portanto grande parte do que precisamos para manter uma saúde óptima.
  3. Reforçar o consumo de vitamina C através de alimentos como o pimento vermelho, kiwis, laranjas, morangos e vegetais de folha verde como os brócolos (que devem ser cozinhados a vapor por 7-9 mins, de forma a preservar o conteúdo deste e outros nutrientes que são hidrossoluveis).
  4. Consumir leguminosas (secas e demolhadas ou enlatadas) - excelente fonte de zinco, proteínas vegetais e fibras. Um aporte proteico adequado é fundamental para garantir não só a saciedade como também a manutenção de uma massa magra adequada. Por outro lado, o zinco é um mineral antioxidante que participa, entre outras coisas, quer na produção e crescimento das células do sistema imunitário, como também na modulação da resposta imunitária. É ainda fundamental para a saúde da pele e das mucosas, que são a nossa primeira barreira de protecção
  5. Gengibre: usado pelas medicinas tradicionais há centenas de anos, os seus benefícios são atribuídos aos seus fitoquímicos (substâncias activas, que não são vitaminas ou minerais, mas apresentam efeitos benéficos no organismo). Entre outros benefícios, são de realçar os compostos anti-inflamatórios, antioxidantes e antimicrobianos que ajudam na prevenção e tratamento de infecções. 
  6. Curcuma + Pimenta Preta: o combo anti-inflamatório. A curcuma, ou açafrão-das-índias  é a especiaria usada tradicionalmente há milhares de anos pela Ayurveda. Apresenta inúmeras propriedades terapêuticas, entre elas, antioxidantes, anti-inflamatórias,  anticarcinogenicas, antibacterianas. Recomenda-se o seu uso como tempero em estufados e salteados, ou ainda em sumos, bebidas quentes como Golden Milk ou Chá. Recomenda-se o uso da curcuma associado à pimenta preta, visto que esta potencia a absorção da primeira.
  7. Por último, mas não menos importante, manter um estado de hidratação adequado: água, água aromatizada e infusões são boas opções!

Para saber mais sobre como a nutrição funcional o pode ajudar, veja os serviços que temos disponíveis aqui.

Svg Vector Icons : http://www.onlinewebfonts.com/icon
As definições de cookies neste website estão definidas para "permitir todas as cookies" de maneira a que possa ter a melhor experiência possível. Ao carregar em "Aceitar cookies" pode continuar a navegar no website.
Política de Privacidade
You have successfully subscribed!
This email has been registered